Database

Thumbnail

Search results

52 records were found.

Estamos perante um sarilho de rotação vertical, em madeira, constituído por 4 braços em cruz remontados por pequenas forquilhas, que servem de suporte as meadas, eixo horizontal em madeira, elevado sobre duas pequenas colunas paralelas que lhe servem de apoio, espigados em baixo a uma grade em forma de cruz. Existe decoração incisa na madeira, ao longo da cruz. Na ponta da haste maior existe Aida um espécie de granpo para prender o fio das maçarocas no fuso.
Duçadoira dispõem de 4 braços horizontais em cruz, possuindo cada um vários orifícios onde se introduzem pequenas hastes de madeira, sendo ajustável a distância entre elas através da escolha dos furos. Em conformidade com o tamanho das meadas. Do ponto do cruzamento dos 4 braços, saí um eixo vertical que se apoia numa base em forma de tabuleiro para colocação dos novelos.
Estamos perante uma pequena mesa rectangular rasgada a meio, assente em 4 pés. A roda, esta montada na abertura da mesa, raiada feita de 4 campos, com duas ranhuras paralelas cabadas na fase periferia, e eixo excêntrico ligado por tirante uma tábua basculante que serve de pedal. Numa extermidade esta montado o aparelho de torção e enrolamento do fio: um eixo do ferro escavado na ponta com saída lateral solidário com duas peças, um de cada lado fixa junto aquela saída outra no extremo oposto em forma de carretel. Estas duas peças, enfiada no eixo, gira a caneleira munido dum carretel de diâmetro inferior do outro carretel, e que se situa ao lado dele. Da roda motora parte em duas cordas que vão adicionar esses carretéis que o segura atenção das cordas, que afasta ou aproxima esse aparelho de torção e enrolamento a roda motora. Existe ta...
Esta fiadeira é igual à anterior, só que não possui, tem uma manivela lateral que adiciona a roda e a peça em forma de U, que se encontra no aparelho de torção e enrolamento do fio não esta completa. A madeira utilizada na sua construção reaproveitada.
Dobadoira em madeira 4 braços em cruz, duplos e paralelos, dispostos igualmente na horizontal, distanciados os debaixo dos de cima cerca de 50 cm, eixo vertical fixo. A base é um tabuleiro, a base destes 4 lados esta recortada (decoração). Cada uma das cruzetas tem 2 prumos, mas se destina-se a liga-las. Exteriores para formarem um conjunto solidário, a estes prumos situam-se as varas móveis onde se dispõem as meadas que se colocam nos orifícios abertos nas portas das cruzetas, de acordo com o comprimento das meadas. Como referi as cruzetas não são fixas, disponde-se, braço sobre o outro, ligados apenas pelo o eixo que o atravessa, o que permite desfazer as cruzes e reduzi-los a um aro quadrangular. Para fixar a posição da dobadoira aberta existe uma espécie de travessa em arame lançada entre os topos de dois dos braços da cruzeta supe...
Dobadoira em madeira, que supõe ser de feitura muito recente dado o seu excelente estado de conservação. Dobadoira de 4 braços horizontais em cruz, possuindo cada 1 vários orifícios onde estão introduzidas pequenas hastes de madeira, sendo ajustável a distância entre elas através da escolha de furos. Em conformidade como tamanho das meadas. Do ponto do cruzamento dos 4 braços, sai um eixo vertical que se apoia numa base em forma de tabuleiro para colocar os novelos.
Tem o aspecto de uma enorme dobadoira, composta de 2 pares de braços horizontais em cruz, ligados por 4 prumos nos cantos, com um eixo em voltado qual ela gira. Um dos braços superiores tem cravados na fase lateral, 3 tornos de madeira, salientes cerca de 20cm, onde do mesmo modo se arma a cruz do tear; num das prumos verticais, no trepo inferior, tem igualmente 3 tornos para a cruz dos cadilhos.
Caixote em madeira seccionado em compartimentos de cerca de 15 cm de lado um para cada novelo. Existem 12 compartimentos mesmo de novelos usados para cada urdidura. Este noveleiro parece ser feito de madeira reaproveitada.
Espadelouro em forma de T invertido, formado por uma tábua vertical, recortados e com o topo superior em crescente reentrante, onde se pousa a estriga. Esta tábua assento na outra tábua colocado na horizontal e que lhe serve de base. Pela sua altura conclui-se que o trabalho da espadelagem era feita sentada. Alguns recortes que possui lateralmente podem considerar-se decoração.
LibrariesLorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Proin sagittis metus metus. Integer in dui ligula. Proin non felis sapien. Nullam egestas arcu vel interdum accumsan. Interdum et malesuada fames ac ante ipsum primis in faucibus. Fusce odio odio, dignissim vitae arcu quis, molestie vehicula sapien. Aenean semper odio auctor odio scelerisque tincidunt ut sit amet ligula. Proin hendrerit scelerisque iaculis. Donec gravida est ut nisi commodo varius.
Documentation centerLorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Proin sagittis metus metus. Integer in dui ligula. Proin non felis sapien. Nullam egestas arcu vel interdum accumsan. Interdum et malesuada fames ac ante ipsum primis in faucibus. Fusce odio odio, dignissim vitae arcu quis, molestie vehicula sapien. Aenean semper odio auctor odio scelerisque tincidunt ut sit amet ligula. Proin hendrerit scelerisque iaculis. Donec gravida est ut nisi commodo varius.
MuseumsLorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Proin sagittis metus metus. Integer in dui ligula. Proin non felis sapien. Nullam egestas arcu vel interdum accumsan. Interdum et malesuada fames ac ante ipsum primis in faucibus. Fusce odio odio, dignissim vitae arcu quis, molestie vehicula sapien. Aenean semper odio auctor odio scelerisque tincidunt ut sit amet ligula. Proin hendrerit scelerisque iaculis. Donec gravida est ut nisi commodo varius.